PENSAR COM OS MEUS BOTÕES

CARTA ABERTA A PASSOS COELHO

Posted in Política e Sociedade: Artigos de Opinião by Manuel Coimbra on 17/02/2012

CARTA ABERTA A PASSOS COELHO

Sr. ministro

Escrevo-lhe esta carta para lhe dizer o seguinte:

– em 26 de Março de 2011, numa escola que visitou, uma estudante perguntou-lhe se você, se fosse 1º ministro, ia tirar os subsídios de Natal e de férias à mãe e você disse-lhe que nunca tomaria uma medida dessas, que isso era um disparate e também chegou a afirmar publicamente que não aprovava o PEC 4, porque não apoiava mais aumentos de impostos, pois não se deviam impôr mais sacrifícios aos portugueses. Mas você não cumpriu o que disse! Mentiu a uma criança e aos portugueses! Porque, agora no governo, você extorquiu 50% do subsídio de Natal de 2011 aos reformados, aos pensionistas e aos funcionários públicos e decidiu acabar com esses subsídios a partir de 2012, portanto, você é um mentiroso; se a José Sócrates coube a alcunha de Pinóquio, a si assenta-lhe perfeitamente a alcunha de Super-Pinóquio;

– você não tem o sentido da equidade nem o da Justiça, porque excluiu deste contributo e sacrifício, que deviam ser colectivos, as grandes fortunas, os bancos e as grandes empresas, que têm lucros de milhões de euros por ano;

– você já mostrou não ter estatura moral, nem política, para governar, pois limita-se a ser um lacaio de interesses privados e de grupos económico-financeiros, nacionais e internacionais, que favorece, sacrificando os portugueses mais desfavorecidos e o interesse nacional (não é compreensível ter-se vendido o BPN ao BIC – banco de capitais maioritariamente angolanos – por 40 milhões de euros, quando havia outros potenciais compradores que ofereciam 100 milhões, a manutenção dos postos de trabalho e financiamento a pequenas e médias empresas: o Estado perdeu de imediato 60 milhões de euros; recordo-me que uma semana antes do negócio se efectuar, Paulo Portas, o tal do negócio dos submarinos, esteve em Angola e até a Comissão Europeia desconfia da venda do BPN ao BIC, tendo considerado o “preço negativo”; ao permitir as privatizações da EDP, da REN e da GALP, você vai entregar lucros anuais de milhares de milhões de euros, que estas empresas facturam, a alguns privados, concentrando ainda mais riqueza numa minoria em prejuízo do Estado – que somos todos nós);

– você favorece clientelas partidárias – jobs for the boys and girls – pois colocou três gestores não executivos na CGD desnecessariamente, fora os outros que estão a ser espalhados por várias instituições públicas, muitos deles sem qualquer experiência nas áreas profissionais em que lhes arranjou o “tacho”, só por causa da sua coloração partidária e para lhes arranjar um emprego altamente rentável, quando você criticava o anterior governo por essa mesma atitude; pois é, chegou o momento de “meter a mão no pote”;

– você, o seu governo, o PSD e o CDS sois tudo menos sociais-democratas, pois contribuístes, após o 25 de Abril, e continuais a contribuir para aumentar o fosso entre ricos e pobres no nosso país.

Tenha pois vergonha na cara e demita-se, já que você, em poucos meses, perdeu credibilidade e legitimidade moral e política para governar Portugal.

Manuel Coimbra

Anúncios

ALGUMAS FRASES, ALGUMAS OPINIÕES

Posted in Política e Sociedade: Artigos de Opinião by Manuel Coimbra on 17/02/2012

AS MENTIRAS DO Sr. SILVA 

Cavaco Silva esteve no seu melhor na mensagem de Ano Novo: falou na necessidade de uma justa distribuição dos sacrifícios por todos os portugueses, mas aprovou o Orçamento de Estado para 2012, que contém mais impostos só para os pensionistas, os funcionários públicos e as classes média e baixa, sem fazer qualquer referência a impostos a cobrar às grandes fortunas, a bancos ou a grandes empresas! A cobardia e a hipocrisia andam de mãos dadas com este presidente da República!

 

UM POLÍTICO ULTRAPASSADO 

O ministro Passos Coelho já é um político do passado, pois a ideologia capitalista ultra-liberal, que segue, está a dar provas de não ser futuro, nem sequer presente, para a Humanidade!

 

OBAMA, PRÉMIO NOBEL DA PAZ?

A atribuição do Prémio Nobel da Paz a Barack Obama foi a maior fraude da história deste prémio, pois o presidente dos EUA nunca fez, nem faz nada pela Paz, antes pelo contrário, pois vai boicotar o pedido do povo palestiniano de reconhecimento da Palestina como país!

 

O PAPÃO 

Por causa do medo do papão do socialismo, as pessoas estão a deixar-se devorar pelo papão ganancioso e desumano do capitalismo.

 

A VENDA DO BPN

A venda do BPN ao banco angolano BIC leva água no bico, pois foi vendido por 40 milhões de euros quando havia oferta de compra de 100 milhões. Quanto terão recebido membros do governo por este favor?

 

MPLA: UM PARTIDO DE CACIQUES 

O Movimento Popular de Libertação de Angola transformou-se num partido não para libertar, mas sim para oprimir o povo angolano, pois usa as riquezas do país, que são de todos os angolanos, em proveito do presidente José Eduardo dos Santos, de sua família e de outros governantes e militares. Como se sentiria Agostinho Neto, se fosse vivo?

 

OS EUA NÃO SÃO PORTUGAL NEM A GRÉCIA

 No passado dia 15 de Julho de 2011, o Presidente dos EUA disse: “Ao contrário do que muitos dizem, não somos a Grécia, nem Portugal”. Tem toda a razão! A Grécia é o berço do pensamento e da civilização ocidentais. Portugal “Novos mundos ao mundo” foi “mostrando” (Luís de Camões n’Os Lusíadas, Canto II, estrofe 45). Os Estados Unidos da América só sabem fazer guerras, para saquearem os recursos naturais dos países onde “põem o pé”, e estão a destruir a vida de centenas de milhões de pessoas com a crise mundial que os seus bancos provocaram. São um bando de pistoleiros arrogantes, gananciosos, fraudulentos e ignorantes!

 

CUMPRIR O ACORDO COM A TROIKA “CUSTE O QUE CUSTAR”

Passos Coelho afirmou, na Assembleia da República, que Portugal vai cumprir o pagamento do empréstimo da troika – BCE, FMI e CE – “custe o que custar”. Mas vai custar a quem? Àqueles que já têm vindo a ser sobrecarregados com impostos – os pensionistas, os funcionários públicos, as classes média e baixa – ou agora quem vai pagar vão ser os banqueiros, os grandes industriais e a classe média alta? É que os impostos sobre os mais pobres têm sido o dobro daqueles que os mais ricos têm pago. Ou o 1º ministro actua agora sobre os mais favorecidos, ou se não…não!

 Manuel Coimbra