PENSAR COM OS MEUS BOTÕES

AS DUAS FACES DA MESMA MOEDA

Cavaco Silva foi reeleito Presidente da República em 23 de Janeiro de 2011, com cerca de 2.580.000 votos. Do seu discurso de vitória retive a sua afirmação de que era presidente de todos os portugueses e a saudação ao mundo empresarial e financeiro.

            Ora, na verdade, ele matematicamente, e a matemática é uma ciência exacta, só é presidente de ¼  dos portugueses. Os restantes ¾ não lhe confiaram o seu voto, votaram contra ou abstiveram-se (a elevada abstenção revela o descrédito dos portugueses na política praticada pelos nossos governantes, actuais e passados). A saudação que dirigiu ao mundo empresarial e financeiro inclui, com certeza, o seu grande amigo e seu ex- Conselheiro de Estado Dias Loureiro, que era um dos administradores do banco BPN, que abriu falência por negócios fraudulentos.

            Do seu discurso de posse proferido a 9 de Março de 2011, na Assembleia da República, retive também várias afirmações de Cavaco Silva, que significam o seguinte:

– que a actual crise económica e social de Portugal se deve somente à política governativa do Partido Socialista durante os XVII e XVIII Governos Constitucionais liderados por José Sócrates (que começou a governar em 12 de Março de 2005); só quem tiver memória curta ou estiver mal informado é que ignora os dez anos de governo de Cavaco Silva (desde 6 de Novembro de 1985 a 28 de Outubro de 1995), período em que Dias Loureiro foi seu ministro da Administração Interna e fundou o BPN (1993) que, com a sua falência fraudulenta, consumiu recentemente milhares de milhões de euros do erário público, contribuindo para o agravamento da nossa dívida; foi também durante os seus governos que a CEE, actual UE, a que aderimos em 1986, começou a enviar ajudas financeiras para se investir no desenvolvimento do país, parte das quais foram desperdiçadas em projectos subsidiados, muitos deles não concretizados, porque os seus governos PSD e PSD/CDS não fiscalizaram a efectiva implementação desses projectos, nem responsabilizaram quem praticou esses actos fraudulentos e foi também um período em que não existiu um eficaz controlo de IRS e IRC, tendo havido mesmo empresários que descontavam aos seus empregados impostos para a Segurança Social e IRS e não os entregavam ao Estado, pondo em risco as reformas dos trabalhadores, contribuindo para a quase falência da Segurança Social (evitada no primeiro governo de José Sócrates, através de um maior controlo das empresas) e empobrecendo os cofres do Estado;

– que deve haver menos Estado, mais privatizações, menos carga fiscal e menos controle sobre as empresas; esta atitude neoliberal é para favorecer os grandes grupos financeiros, propiciando a fuga de capitais,  e económicos e privatizar o que dá lucro, mantendo o que dá despesa para o Estado.

            O seu discurso, para não me alongar demasiado a analisar outras afirmações, foi o do tipo de pessoa que gosta de “sacudir a água do capote”, de pessoa que dissimula e não assume as suas responsabilidades. Foi um discurso tendencioso, pró-PSD/CDS, hipócrita, demagógico  e indigno de um Presidente da República, pois Cavaco Silva, ao ser o político que mais tempo tem permanecido à frente dos destinos do país, como Primeiro-Ministro e como Presidente da República, é um dos principais responsáveis pelo actual estado da Nação.

Não é preciso saber muito de História para se compreender que a situação socioeconómica actual de um país é consequência de atitudes, mentalidades e políticas assumidas ao longo de muitos anos.

 Os jovens portugueses que se cuidem, pois a concepção da economia e da sociedade deste Presidente da República é a da manutenção de um sistema que se serve da inteligência e do trabalho pagando baixos salários, despedindo com mais facilidade e fomentando o trabalho precário.

            E quem é o jovem rosto que quer concretizar este modelo de vida? Pedro Passos Coelho! Basta ler o programa de governo do seu partido e as alterações que quer introduzir na Constituição e nas leis laborais!

 Manuel Coimbra

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: